Aeróbio em Jejum queima mais gordura ?

Aeróbio em Jejum queima mais gordura ?
março 05 13:10 2020

Durante a realização de qualquer atividade física nosso organismo necessita de energia. Até mesmo em repouso necessitamos de energia para realizarmos nossas funções vitais, como por exemplo, respirar. Esta energia é proveniente do alimento que ingerimos nas refeições. Aliás, nossas refeições devem conter carboidratos, gorduras e proteínas de uma maneira equilibrada.

 

Durante o treinamento físico, nosso organismo necessitará de glicose para realizar os movimentos exigidos pelo exercício físico. Esta glicose é proveniente dos carboidratos ingeridos nas refeições. Contudo, quando nosso corpo fica muitas horas sem ingerir qualquer alimento, a quantidade do estoque de carboidrato fica muito reduzida, prejudicando seu fornecimento. O organismo então recorre ao estoque de gordura do indivíduo. Contudo, a geração de energia da gordura, proveniente da beta oxidação fica prejudicada, pois é dependente do metabolismo de carboidratos, os quais estão escassos neste momento no organismo da pessoa que está realizando a atividade física. Neste momento então, inicia-se o metabolismo predominante de proteínas, ou seja, proteólise.

 

Com isso, a geração de energia é proveniente de massa magra do indivíduo, isto mesmo, a pessoa começa a perder músculos durante a atividade física!!!

 

O metabolismo de gordura é dependente de carboidratos. Com os níveis de carboidratos reduzidos, o metabolismo de gordura fica prejudicado, ocorrendo então o predomínio de proteólise. Novamente, torna-se importante reforçar o conceito da bioenergética: o metabolismo de gordura é dependente de um nível razoável de carboidratos no organismo, caso contrário, a geração da energia é proveniente de massa magra. Treinar em jejum é uma maneira de reduzir a quantidade de músculos do seu organismo. Nunca realize tal procedimento.

 

Concluindo: treinar em jejum é um grande equívoco!

Por Prof. Dr. Newton Nunes

Youtube: Área de Treino